A bateria é um dos instrumentos musicais mais populares e versáteis, utilizada em diversos gêneros musicais, desde jazz até rock and roll. Para tocar esse instrumento, é necessário utilizar diferentes tipos de pratos de cymbal, dentre eles, o prato de crash.

O prato de crash é um dos componentes mais importantes da bateria. Ele é caracterizado por seu som explosivo e acústico, usado para marcar mudanças de ritmo ou enfatizar partes específicas de uma música.

História do prato de crash

O prato de crash foi introduzido pela primeira vez durante a década de 1920, quando bateristas começaram a experimentar com sons mais agudos e explosivos. No início, os pratos eram pequenos e finos, feitos de bronze fino e com um som suave. Conforme o instrumento evoluiu, o prato de crash tornou-se maior e mais pesado, oferecendo um som mais alto, definido e sustentado.

Tipos de prato de crash

Existem vários tipos de prato de crash no mercado, cada um com características e sons diferentes. Os pratos mais comuns são:

- Prato de crash de 16 polegadas: é um prato mais pesado e produz um som mais brilhante e ressonante.

- Prato de crash de 18 polegadas: é mais pesado que o de 16 polegadas e produz um som ainda mais brilhante e poderoso.

- Prato de crash de 20 polegadas: é o maior e mais pesado dos três, produzindo um som mais escuro e suave.

Além dos tamanhos, existem também diferentes acabamentos disponíveis para os pratos de crash, como brilhante, martelado, ou escovado, cada um oferecendo uma tonalidade de som única.

Técnicas de uso do prato de crash

Existem diferentes técnicas para utilizar o prato de crash de forma eficaz. É importante lembrar que os pratos de cymbal, incluindo o prato de crash, são instrumentos musicais delicados e devem ser manuseados com cuidado. Algumas das técnicas mais comuns incluem:

- Bateda direta: quando o baterista atinge o prato de crash diretamente com a baqueta. Essa técnica é usada para produzir um som explosivo e agudo.

- Acréscimo: é uma técnica utilizada para adicionar ritmo e tensão a uma música. O baterista bate no prato de crash no momento em que a música atinge uma nota alta ou intensa.

- Sustentação: usada para prolongar o som do prato de crash depois de uma batida, fazendo com que o som se desvaneça suavemente.

Conclusão

O prato de crash é um dos componentes mais importantes e essenciais da bateria, usado em diversos gêneros musicais para produzir efeitos sonoros únicos. É importante escolher o prato adequado para sua música e técnica de tocar, além de manuseá-lo com cuidado para garantir que o som seja de qualidade e dure por bastante tempo.